O Que é Franchising

O Que é Franchising
Franchising está em alta no Brasil, mas você sabe o que é? Quais as vantagens e desvantagens e o porquê pode ser uma excelente opção de negócio?

O franchising funciona como uma estratégia para as empresas que pretendem distribuir seus produtos e serviços com maior eficiência.

O franchising exige baixo investimento, e para os empresários interessados em fazer parte pode significar uma oportunidade para montar seu próprio negócio.

Mas afinal, o que é franchising? Em sua essência, trata-se de um negócio em que as franquias concedem aos franqueados o direito de utilizar a marca ou patente juntamente com o direito de distribuição de produtos ou serviços.

Todos os direitos e deveres são estabelecidos em um contrato prévio que esclarece a figura do franqueador e franqueado, cada qual com suas funções. Veja também sobre franquias baratas e lucrativas.


Juntamente com o uso da marca, o franqueado detém o direito de usufruir da tecnologia, métodos, técnicas e sistemas administrativos, financeiros e operacionais, em contrapartida, é necessário o investimento inicial e o pagamento de Royalties.

Características do Franchising

Uma das características do franchising é a padronização da apresentação de produtos e serviços.

O contrato é também um fator muito importante para as franquias, pois através de contrato elas transferem o direito de marca, sistemas de atendimento, processos administrativos, modelos de negócios etc.

Também, as franquias fornecem serviços de consultoria, orientação, suporte, consultoria e outros.

700 Ideias de Negócios

No modelo de franchising é fundamental que as franqueadoras treinem e forneçam suporte para os franqueados, pois a perda de qualidade no produto/serviço denigre a marca e prejudica todas as demais lojas da rede.

Mercado de Franchising

O mercado de franchising está em alta, porque as franquias além de rentável também possuem menos riscos, com menor incidência de erros/falência, portanto, cada vez mais uma excelente opção de negócios.

O setor de franquias tornou-se promissor e deixou de se concentrar apenas nas capitais e grandes regiões do Brasil.

Um exemplo é a Ji-Paraná em Rondônia local em que as franquias de sorvete de iogurte são um sucesso.

Investir em franquias está sendo mais vantajoso economicamente falando, pois estudos apontam que franquias vão a falência com menor frequência do que negócios próprios.

Vantagens do Franchising

franchising-vantagensA principal vantagem do franchising é que as franqueadas podem abrir um negócio com um modelo que já foi testado anteriormente.

Outras vantagens são:

Economias de Escala

Esta é a vantagem de fazer parte de uma rede com integração em compras e estrutura, o que significa que todos os custos de montagem fazem parte do processo inicial com centralização de compras, pesquisas de mercado e outros.

Marca Conceituada

A outra vantagem é que os franqueados trabalharão com uma marca já consolidada no mercado e assim se beneficiam também das ações de vendas integradas com marketing, publicidade e propaganda global.

Investimentos

Abrir uma franquia exige menos investimento na compra de produtos (estoque) do que montar um negócio próprio do zero, pois as franqueadoras adquirem em grande escala para todas as lojas.

Concorrência

Quando um franqueado investe em uma franquia só existe a possibilidade de abertura daquela mesma franquia a quilômetros de distância, o que impede a concorrência.

Quanto à localização, as franquias realizam um estudo prévio da área de montagem de negócios, analisando previamente uma localização ideal, sem erros de forma mercadológica e voltada para a infraestrutura.

Desvantagens do Franchising

A desvantagem é que as franquias constituem um modelo de negócio próprio e padronizado, o que não dará oportunidade para que os franqueados coloquem sua personalidade e criatividade em ação, ou seja, os franqueados não encontrarão possibilidades para ter uma ideia de negócio original.

Outra desvantagem é a imagem da rede, que pode estar sendo afetada pelas franqueadas que apresentam um mau desempenho. Dessa forma, os franqueados devem pesquisar previamente sobre a imagem da empresa no mercado.

No início, as vendas podem não atingir as metas desejadas, o que causará desânimo. A solução é conversar com as franqueadoras e se informar sobre as metas de vendas e qual a melhor forma de atingi-las.

Funções do Franqueador

Saber as funções de cada uma das partes no negócio é essencial para que os franqueados saibam o que a franquia espera deles e quais os seus direitos como franqueado, ou seja, o que ele pode exigir das franquias.

Dentre as funções do franqueador estão:

  • Definir de forma clara o conceito de negócio e da marca.
  • Testar o negócio na prática com o auxílio de unidades piloto e assim analisar a operacionalidade das franquias.
  • Padronizar normas, regulamentos, políticas e padrões para a implantação e funcionamento de todas as unidades que serão franqueadas.
  • Organizar um processo seletivo que seja transparente, justo e com critérios claros.
  • Capacitar os franqueados com programas de capacitação, manuais, materiais didáticos, além de uma orientação in loco.
  • Orientar e apoiar os franqueados no que tange a elaboração e implementação de planos de ação para a concretização dos resultados propostos anteriormente.
  • Supervisionar e monitorar constantemente os franqueadas, seja à distância ou in loco em alguns períodos, pois é do interesse da rede orientar os franqueados, como também manter a imagem da franquia.
  • Coletar e dividir conhecimentos que sejam importantes para as franquias.
  • Organizar uma rede integrada, se possível uma intranet, para que os franqueados tenham acesso às informações que sejam relevantes e participem de eventos, como forma de a rede alcançar integração, produtividade e informação de forma democrática, rápida e eficiente.

Funções dos Franqueados

Os franqueados esperam informações, orientações, transparência, mas as franqueadoras também aguardam posições e comprometimento das franquias, até porque as franqueadas representarão a marca e a imagem da empresa.

Por isso, do franqueado se espera algumas funções:

  • A capacidade de investir e reinvestir no negócio de forma consciente e prevista no contrato.
  • Respeitar a padronização de funcionamento com a mesma estrutura e qualidade.
  • Oferecer apenas os serviços ou produtos que foram credenciados e estão autorizados pela franqueadora.
  • Pagar corretamente as franquias, com todas as taxas: de franquia, inicial ou royalties, para que a atividade tenha manutenção.
  • As franqueadas devem arcar com os custos operacionais para a manutenção da atividade, como custos e despesas com a aquisição de mercadorias e insumos, água, luz e telefone, despesas com manutenção de maquinários, equipamentos, software, salários, impostos e outras despesas.
  • Observar os padrões de qualidade, as normas, as diretrizes e políticas das franquias no que se refere à implantação e operação do negócio.
  • Cooperar com o franqueador em busca de competitividade e melhores resultados.
  • Utilizar apenas as ações de marketing que estejam de acordo com o conceito de marca e com a imagem que a empresa deseja passar ao mercado.
  • Fazer a diferença e manter o sucesso da sua unidade, com compromisso de melhores resultados, envolvendo sempre a equipe, motivando e integrando com objetivos compartilhados.

O franchising é uma solução moderna e dinâmica para as empresas que desejam ampliar sua atuação no mercado e que possui maiores vantagens do que as filiais, já para os aspirantes a franqueados, a vantagem é de trabalhar com uma marca já conhecida, renomada e com um modelo de negócios testado.

Contrato de Franquias

franchising-contratoÉ necessário frisar que antes de assinar o contrato existem processos prévios a serem seguidos.

O processo de pesquisa por franquias e ainda o processo de candidatura e aceitação do franqueado são alguns deles.

Em todo o caso, antes de qualquer negociação ou fechamento de contrato, a franquia deve fornecer uma Circular de Oferta de Franquia (COF) com todos os dados relevantes para que o franqueado consiga tomar uma decisão assertiva se deseja ou não fazer parte da rede.

Já à franqueadora, cabe analisar:

  • O perfil pessoal e perfil profissional;
  • Perfil financeiro e perfil comportamental.

O contrato de franquia deve conter:

  • Situações em que há restrições na participação dos sócios.
  • Relacionamento de negócios dos sócios e proprietários com concorrentes.
  • Direitos aos seus herdeiros.
  • Necessidade de fiadores.
  • Direitos do franqueado em situação de venda da franquia.
  • Direitos e deveres de cada uma das partes.

Toda vez que o franqueado tiver dúvidas sobre os seus direitos e deveres deve consultar a Lei das Franquias e assim evitar transtornos. Por isso, é recomendada a leitura da Lei nº 8955 de 1994.

Tipos de Franquias

As franquias podem ser classificadas de acordo com a evolução em formatos de negócios e atendimento ao franqueado.

Os estágios de desenvolvimento das franquias podem ser classificados de acordo com o profissionalismo. Ao pesquisar uma franquia é necessário identificar o grau desses fatores, vejamos:

Franquias de Marca e Produto (1 geração)

São caracterizadas pelo uso da marca, por não oferecer exclusividade para o franqueado, por não oferecer suporte e pouca diversidade de produtos.

Franquias de segunda geração

O fator importante são os produtos oferecidos.

Nesse tipo de franquia o franqueado adquire mercadorias com taxas de royalties e taxas de promoções. São oferecidas também certa exclusividade em produtos e serviços que foram licenciados pelo franqueador.

Você pode gostar também de trabalhar sem sair de casa, neste caso a solução pode ser as franquias para trabalhar em casa.

Franquias de terceira geração

Tem um modelo de franquia mais avançado e oferecem não apenas a licença da marca, como também o conhecimento operacional e serviços de assessoria com acompanhamento mais de perto.

Essas franquias disponibilizam métodos, processos e sistemas que já foram testados, além de treinamento e acompanhamento.

Franquias de quarta geração

Caracterizam-se por ter um aprendizado contínuo. Essas franquias concedem orientação, treinamento, consultoria e maior acesso a informações.

Gostou Das Dicas Sobre o Que é Franchising? Compartilhe e inscreva-se para receber dicas dos melhores negócios e como torná-los um verdadeiro sucesso!

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

★ Dica Importante!

Qualquer negócio que você for montar é importante fazer um planejamento. Para isso, estude em livros, contrate uma consultoria ou use o Kit Novo Negócio.

Enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here