Máquina de Tijolo Ecológico

Máquina de Tijolo Ecológico

Você já pensou em ganhar dinheiro com uma máquina de tijolo ecológico? Confira dicas para lucrar com esse negócio!

Em tempos de sustentabilidade, nada melhor do que investir em um negócio lucrativo que tenha como norte a produção de algo que não venha a prejudicar a natureza e que tenha bastante aceitação no mercado.

Um exemplo de como ingressar nesse ramo de negócio é ter uma máquina de tijolo ecológico.

O mercado de construções ecológicas vem tendo um grande crescimento, tanto que a expectativa é que até 2020 deve crescer para 254 bilhões de dólares.


Isso deve ocorrer por diferentes fatores, como novas certificações na construção, melhoria da eficiência energética, design ecológico e redução dos custos.

Além disso, existe uma grande preocupação com o meio ambiente, o que faz com que cada vez mais as pessoas passem a se interessar por produtos considerados ambientalmente corretos.

Junto com o tijolo ecológico surgem novas ideias, como o cimento sustentável, que deve impulsionar as vendas desses materiais.

Por isso, investir em uma máquina de tijolo ecológico é uma escolha certa para quem está querendo entrar em um mercado em plena expansão.

700 Ideias de Negócios

Equipamentos Necessários Para Produzir Tijolo Ecológico

Para poder produzir tijolo ecológico, será preciso ter uma peneira de café com aberta de 5 mm x 5 mm ou uma malha de 4,8 mm para peneirar o material a ser usado, uma pá para misturar tudo, um regador ou mangueira para umedecer a massa e uma prensa, existente em diversos modelos no mercado.

As vantagens de produzir esse tipo de material são inúmeras, como portabilidade de determinadas prensas e não ter custos com transporte.

Além disso, os tijolos são de fácil manuseio, não precisam ser queimados e a prensa pode ser adaptada para várias formas de tijolos.

Veja como abrir uma empresa MEI.

Processo De Fabricação com a máquina de tijolo ecológico

Antes da terra ser misturada com o cimento, ele precisa estar seco, sem matéria orgânica e deve ser peneirado de três formas diferentes: através de triturador, por peneira de café ou elétrica ou por meio de uma malha de 4,8mm.

Feito isso, é o momento de misturar o solo com o cimento, que também pode ser feito de duas formas: pela forma automatizada, indicada para grandes produções, ou manualmente.

Para isso, basta colocar o resíduo em uma superfície lisa e impermeável, estabelecendo uma camada de 20 cm a 30 cm.

O cimento deve ser espalhado sobre o solo peneirado e nessa fase deve haver a mistura com uma pá até que fique com uma cor única.

Para umedecer, jogue a água por cima aos poucos com um regador ou uma mangueira e misture bastante mais uma vez.

Já feitas as duas primeiras fases, é o momento de colocar essa massa em um molde, com prensagem de 6 a 36 toneladas, e depois o saque.

A cura do material é feita durante uma semana por meio de aspersão manual de água.

Veja também sobre máquinas para trabalhar em casa.

Modelos para fazer na máquina de tijolo ecológico

Um tijolo ecológico é basicamente a adição de solo ou resíduo (que pode ser de construção civil, mas também de silícia, de bagaço de cana de açúcar, escoria de auto forno de siderúrgicas, cinzas de auto fornos de siderúrgicas, cinzas da casca de arroz, porcelana, gesso industrializado, telha de amianto, areia de fundição), cimento e água.

Eles podem ser de diversos modelos:

1) Modular padrão

Indicado para quinas de paredes e colunas maciças ou vazadas.

No sistema vazado, eles abrem passagem para dutos elétricos, hidráulicos, entre outros.

Não há a necessidade de quebrar paredes para que aqueles possam passar, evitando entulhos, desperdício de materiais e restauração.

O acabamento é feito pelo rejunte dos vãos entre os tijolos e, depois, ocorre a sua impermeabilização.

2) Meio modular padrão

Usado para terminar paredes internas, janelas, portas e outros.

Sua vantagem é que não há necessidade de cortá-lo ou quebrá-lo para finalizar das paredes, garantindo agilidade, limpeza e economia.

3) Caneleta

Há vários subtipos deles, mas os mais comuns são os de encaixe com e sem furos.

Pode ser colocado em várias posições e dimensões, servindo como vigas embaixo e em cima das janelas e nas portas.

Também serve para reforçar paredes e respaldos. Permite a passagem de conduítes.

4) Maciço padrão

Vem em vários modelos maciços, dão isolamento contra ruídos e alta resistência.

5) Coluna

Indicado para pilares e muros, seus furos permitem passagem de ferro na vertical.

6) Aparente de um lado e liso do outro

Para paredes externas.

7) Liso dos dois lados

Para construções sustentáveis que receberão revestimentos interno e externo.

8) Trilho

Com encaixes complementares, constitui o trilho propriamente dito, ajustando completamente um tijolo sobre o outro.

9) De encaixe nas quatros faces

Possui sistema de encaixe do tipo macho versus fêmea, fazendo a amarração correta dos tijolos.

O que é preciso para montar uma fábrica com a máquina de tijolo ecológico

Para montar uma fábrica será preciso investimento financeiro e também um espaço onde se possa trabalhar.

Como essa atividade exige bastante mão de obra, o indicado é começar com alguns funcionários que realizarão diferentes tarefas.

Para começar o negócio uma área de 600 m² é suficiente para abrigar a estrutura e ter uma área de recepção, armazenagem, mistura, alimentação dos moldes, prensagem, cura, estoque e expedição.

Como o tijolo ecológico toma uma espaço grande, será preciso também ter um espaço onde seja possível abastecer os caminhões que farão a distribuição do produto ou que entregarão a matéria prima.

Os equipamentos utilizados não são muitos, mas essenciais para o funcionamento do local.

Será preciso providenciar uma betoneira, prensa, pás, enxadas e carrinhos de mão e mobiliário para o escritório.

Para não esquecer de nada e precisar comprar os itens de última hora e correr o risco de pagar mais caro, faça um checklist de tudo o que precisará e veja se foi providenciado antes de começar as atividades.

Uma dica fundamental para quem não conhece esse mercado de máquina de tijolo ecológico é aprender sobre ele antes de se aventurar.

Seja Sustentável com a máquina de tijolo ecológico

Os pequenos empreendedores devem olhar para as ações das grandes empresas e verificar o posicionamento delas em relação ao produto que comercializam.

A partir dessa análise, podem tentar agregar valor à sua produção.

A Leroy Merlin, por exemplo, destaca a venda do tijolo ecológico.

“Imaginamos o começo e o fim da obra, dessa forma, cada material reaproveitado é um saldo para a natureza” disse o diretor da unidade de Niterói, Edinaldo Godoy, primeira loja da rede com o certificado Acqua no país, que quer dizer Alta Qualidade Ambiental.

Isso pode servir como exemplo para os futuros produtores no sentido de que devem investir em planejamento e tática a respeito de atitudes socialmente e ambientalmente responsáveis.

A aceitação de empresas sustentáveis, que estão preocupadas com a questão do meio ambiente, é muito grande no país.

De acordo com pesquisa sobre Responsabilidade Social Corporativa produzida pela Nielsen, 74% dos brasileiros estão prontos para serem clientes de empresas com programas sustentáveis.

Leia sobre máquinas para ganhar dinheiro.

Gostou da Ideia de Investir em Uma Máquina de Tijolo Ecológico?

★ Dica Importante!

Para qualquer negócio que você for montar é importante fazer um planejamento. Para isso, estude em livros, contrate uma consultoria ou use o Kit Novo Negócio.

Enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!



11 COMENTÁRIOS

  1. GOSTARIA DE SABER QUAL O VALOR DA MÁQUINA E A TENSÃO DE ENTRADA SE É QUE ELA É ELETRICA, PELA FOTO NÃO PARECE SER ELETRICA.
    OBRIGADO, E AGUARDO RESPOSTA O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here