Como montar um centro de atividades para terceira idade

Já pensou em ter um centro de atividades para terceira idade? O percentual de jovens no Brasil vem diminuindo e os brasileiros estão tendendo a ficarem mais velhos, aproximando-se da longevidade dos países desenvolvidos. Alcançar os 80 anos, antigamente, era um marco incrível, que poucos conseguiam. Hoje em dia, é muito fácil, visto que a medicina tem evoluído bastante e o país tem aumentado sua qualidade de vida de forma satisfatória.

A massa jovem, em 1940, era de 42% das pessoas e caiu para 30,3% no ano de 2011. Provavelmente, em 2020, os jovens representarão menos de 25%. O número de pessoas maiores de 60 anos, então, subiu de 4% para 8% do total da população brasileira. A idade do brasileiro subiu de 23 anos para os atuais 26 anos e este número só tende a aumentar no decorrer do tempo.

Especialistas dizem que a receita de saúde para os idosos manterem-se saudáveis e ativos é agrupá-los com a família, já que muitos vivem esquecidos em casas de repouso, insatisfeitos pela solidão e falta de cuidados.

Evite Cometer o ERRO dos Empreendedores de 1ª Viagem!

Saiba quais são as 3 perguntas que você deve responder antes de iniciar o negócio para proteger seu investimento e aumentar suas chances de sucesso. Saiba mais.


Os idosos, geralmente, vão envelhecendo e tendem a ficarem mais caseiros, diminuindo os relacionamentos e adaptando-se com pequenos trajetos por dia e contato com os netos e bisnetos. Por isso, montar um centro de atividades para terceira idade pode ser uma boa ideia de negócio.

Mercado de centro de atividades para terceira idade

É necessário conhecer bem e caracterizar os futuros clientes do negócio. O porquê e o que estas pessoas compram e querem fazer, quando estão mais favoráveis a consumirem e vários outros aspectos.

A partir do ponto de vista do consumidor, pode-se encarar o negócio de fora para dentro, no sentido de saber as necessidades das pessoas e a forma correta que o centro de atividades para terceira idade deve atuar.

Os serviços voltados para a terceira idade aumentarão muito e já movimentam uma parcela significativa na economia do país. A área da saúde é a que mais ganha, pois, com a velhice, as doenças e morbidades acabam surgindo, levando os idosos a gastarem muito dinheiro, principalmente com remédios e serviços. As casas de repousos, passeios e compras também estão aumentando na terceira idad, e os idosos mais ativos estão sempre investindo em turismo e em áreas de lazer.

Muita gente teve vontade, um dia, de conhecer vários lugares e com a velhice, as oportunidades acabam aparecendo. Jogos, festas e muita diversão é o que realmente os idosos estão precisando, já que passaram por muitas dificuldades ao longo da vida e agora tem a oportunidade de descansarem e se divertirem em um centro de atividades para terceira idade.

Tipos de cores do centro de atividades para terceira idade

Algumas cores podem deixar os idosos mais alegres ou mais tristes e o centro de atividades para terceira idade deve conter o vermelho, estimulando a circulação sanguínea e ajudando a abrir o apetite. O senso de competitividade começa a se aflorar nesta cor, que é ideal para a prática esportiva.

O violeta acalma o coração, diminuindo as angústias e os sentimentos de medo. O azul é uma cor relaxante, favorecendo a tranquilidade. Nas roupas, deixa as pessoas mais calmas e pode até gerar preguiça. O amarelo é muito importante para o funcionamento cerebral, ativando alguns sistemas do corpo, inclusive o tônus muscular.

O laranja está relacionado ao combate ao cansaço, melhorando o desempenho sexual e ainda a respiração. O verde reduz a tensão e ajuda a solucionar problemas emocionais.

Estas cores deverão estar espalhadas pelas roupas das pessoas, pelas paredes, assoalho e objetos do centro de atividades para terceira idade. Um local colorido e alegre certamente vai fazer as pessoas que residem ali muito mais contentes que um local frio e opaco.

Massagem no centro de atividades para idosos

As principais massagens conhecidas para um centro de atividades para terceira idade são a oriental, terapeuta bioenergética e bioenergética. Esta última, reúne algumas técnicas baseadas nos conceitos da medicina tradicional chinesa.

Ginástica – Centro de atividades para idosos

A ginástica tem fundamental importância para trabalhar os grupamentos musculares dos idosos e abrindo uma maior integração entre o grupo. O Tai Chi Chuan é uma ginástica sem contraindicações, que é usada em hospitais na China para melhorar a condição física, mental e energética das pessoas. Um médico deve ser consultado antes que a prática do exercício seja adotada no centro de atividades para terceira idade.

O lazer com arte é uma das atividades mais adotadas, principalmente por mulheres. As idosas se divertem expressando sua arte em qualquer que seja a vertente e o empreendedor de um centro de atividades para terceira idade deve investir em pintura, crochê, ateliês e costura.

A empresa pode ainda promover bingos com prêmios, proporcionar tardes dançantes com música ao vivo, comidas e bebidas não alcoólicas.

Divulgação de centro de atividades para a terceira idade

O meio de comunicação adotado para divulgar o centro de atividades para terceira idade deverá explicitar os pontos positivos do estabelecimento, priorizando o atendimento ao cliente, carinho aos idosos e a prática de atividades entre as pessoas de mesma idade, sempre acompanhados de profissionais de saúde. Hospitais, igrejas e clubes podem ser locais em que as pessoas poderão mais facilmente conquistar clientes e o método da panfletagem é apenas um recurso econômico e preciso que pode ajudar muito neste momento.

Cursos de idiomas no centro de atividades para terceira idade

Os idosos merecem falar inglês, espanhol ou a língua que quiserem, necessitando, muitas vezes, de turmas especiais. É crescente o número de pessoas da terceira idade que se interessa em buscar cursos de inglês, espanhol e até informática. Por isso, os cursos tradicionais já abrem turmas extra direcionadas justamente para os mais velhos: com uma duração maior, aulas mais bem planejadas, professores qualificados e infraestrutura adequada.

A concorrência do centro de atividades para terceira idade pode estar se montando neste exato momento e o empreendedor deve ficar por dentro das principais atividades de seu bairro e cidade para idosos.

As adaptações necessárias para o centro de atividades para terceira idade incluem computadores e livros com tamanhos de letra maiores que o normal, cadeiras especializadas e portas mais amplas para os cadeirantes, além de banheiros especiais e estrutura com elevador ou dispondo de espaço plano, sem escadas.

★ Dica Importante!

Para qualquer negócio que você for montar é importante fazer um planejamento. Para isso, estude em livros, contrate uma consultoria ou use o Kit Novo Negócio.

Enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!


Artigo anteriorComo montar uma empresa de carro de som para publicidade
Próximo artigoComo saber quando começar seu próprio negócio
Administrador de Empresas pela Universidade Estadual de Goiás, Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, atuou na Algar Telecom, SEBRAE e vários pequenos negócios, aficionado por criação de negócios, gestão e mentalidade empreendedora. Também criou o Kit Como Abrir Um Negócio, o qual já contribuiu com mais de 8 mil empreendedores em vários países.

2 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de saber em que Atividade Economica um Centro de Atividades para idosos se enquadraria? Saúde ou educação ou ainda lazer e recreação. Obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here