Mix de Marketing: O que é e Como Fazer DEFINITIVO com Passos

mix de marketing
O Mix de Marketing é um conjunto de estratégias que aumentam as chances de atingir o sucesso na divulgação e vendas de produtos em um negócio. Baseia-se no conceito 4 ps (produto, preço, praça e promoção)

Já parou para pensar qual é a fórmula do sucesso de marcas como Coca-Cola, Boticário, Natura, Havaianas, entre outras?

O sucesso dessas marcas pode estar no uso do Mix de Marketing.

De acordo com Philip Kotler o Mix de Marketing é “o conjunto de ferramentas que a empresa usa para atingir os seus objetivos de marketing no mercado alvo

Dentro da Propaganda e Marketing, o Mix de Marketing é considerado a base para as ações publicitárias que, se feitas de forma correta, produzem resultados eficazes que garantem o sucesso de um negócio.


Para que a estratégia de marketing seja efetiva é necessário considerar todas as variáveis do Mix de Marketing, definindo a melhor combinação de estratégias aliada à alocação de recursos e a avaliação das vantagens competitivas ideais.

Para saber como esse Mix de Marketing pode ajudar a sua empresa a obter lucros e se consolidar no mercado, leia esse texto até o final com muita atenção, tem dicas incríveis para descobrir como desenvolver e aplicar estratégias do Mix de Marketing.

O que é MIX de Marketing?

MIX de Marketing é um conjunto de ações e técnicas utilizadas para atrair consumidores para uma marca.

São estratégias criadas de acordo com o perfil da marca e do seu público-alvo para influenciá-lo e torná-lo fiel (fidelizado) junto à empresa.

700 Ideias de Negócios

O conceito de Mix de Marketing ou Composto de Marketing foi desenvolvido pelo professor Jerome McCarthy, da Universidade estadual de Michigan, nos Estados Unidos.

De acordo com o professor, as medidas de Mix de Marketing devem ser tomadas com o intuito de influenciar canais comerciais e o consumidor final.

Os Três modelos do Mix de Marketing

Há inúmeras definições sobre o Mix de Marketing que variam de acordo com os estudos realizados sobre o assunto.

Com base nesses estudos foram definidos três modelos de Mix de marketing: 4P’s, 4 A’s e 4C’s.

  1. 4 P’s

Esse foi o primeiro modelo de Mix de Marketing e é o mais utilizado pelas empresas.

Baseia-se nos 4P’s ou 4 pilares do marketing: Preço, Produto, Praça e Promoção. Para cada um desses pilares são desenvolvidas ações específicas.

  • Produto: aquilo que a empresa tem a oferecer ao consumidor. Nesse pilar se trabalha o design, embalagem, marca, concorrência e garantia de qualidade do produto.
  • Preço: refere-se ao preço estabelecido para o produto. Nesse pilar são analisadas as condições e prazos de pagamentos, descontos e financiamentos.
  • Praça: refere-se ao canal de distribuição do produto para o consumidor final. São analisados aspectos sobre a loja física ou virtual, logística, meio de distribuição e armazenamento do produto.
  • Promoção: ações para promover a marca, relações públicas da empresa e trade marketing (canais de distribuição).
  1. 4 A’s

O segundo modelo foi criado por Raimar Richers e chamado de Sistema Integrado de Marketing.

Nesse modelo as ações de marketing se dividem em análise, adaptação, ativação e avaliação.

  • Análise: nessa fase é feita a identificação do mercado.
  • Adaptação: trata da adaptação do produto ou serviço às necessidades descobertas na análise de mercado.
  • Ativação: realizar o planejamento traçado para a adaptação do produto ao mercado consumidor
  • Avaliação: faz a análise dos resultados alcançados e avalia os pontos fortes e fracos da empresa.
  1. 4Cs

O terceiro modelo foi desenvolvido por Robert Lauterborn, que pretendia substituir os 4 Ps pelos 4 Cs: necessidades e desejos do consumidor, custo para satisfazer o consumidor, conveniência para comprar e comunicação.

  • Produtos: seriam as necessidades e desejos do consumidor;
  • Preço: é o custo para satisfazer o consumidor;
  • Praça: refere-se à conveniência para comprar;
  • Promoção: refere-se à comunicação.

Na nomenclatura, esses modelos de Mix de Marketing são diferentes, mas na essência são iguais ao tratarem sobre as formas de divulgar um produto para um público-alvo específico.

Os 4 pilares de uma boa estratégia de marketing

pilares mix de marketingOs 4 Ps do Mix de Marketing são os pilares de toda estratégia de marketing. São eles: produto, promoção, preço e praça.

  1. Produto

O produto são os serviços, objetos físicos, pessoas, eventos, ideias, que a empresa tem a oferecer ao público. O produto precisa atender às necessidades do consumidor, devendo ser objeto de desejo das pessoas.

A partir do produto se define os atributos que serão trabalhados para atrair o público alvo.

 O produto deve responder a questões importantes como:

  • Quais produtos sua empresa quer oferecer ao seu público-alvo?
  • Quais recursos e benefícios esse produto oferece?
  • O que faz esse produto ser diferente dos demais do mercado?
  • Quais outros produtos ou serviços podem ser derivados do original?
  • Como o consumidor utilizará esse produto?
  • Qual é o objetivo do consumidor em relação ao produto?
  • Quais recursos o produto precisa ter para atender as necessidades dos clientes?
  • O produto inclui recursos extras que não são necessários para atender essa demanda?
  • Qual é o nome e marca do produto?
  • Como será a embalagem desse produto?
  • Quais são os tamanhos, cores e outras características físicas do produto?
  • Onde o consumidor pode utilizar esse produto?
  • Como é o processo produtivo?
  • Qual é o ciclo de vida?

Responder a essas questões facilitará o desenvolvimento de estratégias para criar e ampliar o mercado consumidor do produto.

Outro aspecto importante é entender o ciclo de vida do produto – introdução, crescimento, maturidade e declínio – a fim de criar ações certas de acordo com o momento em que ele está.

Para ilustrar tudo isso vamos tomar um exemplo: empresa LC que produz a “Pratice” fritadeiras elétricas.

Esse é o produto que a empresa oferece para facilitar a vida da dona de casa (público-alvo). A fritadeira tem como recurso a fritura através da circulação de ar muito quente movido por hélices, sem necessidade de usar óleo, trazendo como benefício uma alimentação mais saudável.

As pessoas desejam se livrar de comidas engorduradas e ter mais praticidade na hora de cozinhar. Por ser fácil de carregar, ela pode ser facilmente transportada e sua limpeza é rápida e pratica.

O que o torna diferente dos demais produtos do mercado é a moderna tecnologia utilizada na elaboração do produto. Essa tecnologia dá durabilidade e resistência ao aparelho.

Pode trazer baterias recarregáveis como opção em caso de estar em lugares sem energia elétrica, facilitando seu uso em qualquer situação.

Pronto! Respondidas as questões sobre o produto já se pode desenvolver ações para leva-lo ao mercado e atrair consumidores.

  1. Preço

Esse pilar é o que dá o retorno financeiro que sustentará a empresa. É o valor que será cobrado pelo produto.

Para estabelecer o preço é preciso levar em consideração os custos de produção do produto ou realização do serviço, mas também a forma como os consumidores veem esses produtos.

Veja também essas 15 dicas e ideias para reduzir custos da empresa sem diminuir a produção e faturamento.

Para facilitar essa definição é preciso responder a algumas questões:

  • Qual é o custo de produção do produto ou serviço?
  • Qual é o valor do produto para quem vai compra-lo?
  • Diminuir o preço pode significar um aumento no número de vendas?
  • O preço do produto é competitivo em relação aos produtos e serviços dos concorrentes?
  • Quais as faixas de preços existente no mercado para produtos e serviços semelhantes em cada área de distribuição?
  • Qual é o comportamento do consumidor em relação ao preço? Quanto ele está disposto a pagar pelo produto oferecido? Qual é o limite de preço?
  • Existe a necessidade de criar linhas de preço específicas para segmentos de público (pessoas jurídicas, clientes fieis)?

O preço está ligado a forma como o consumidor percebe a marca, se ela é sinônimo de qualidade, de garantia de eficiência no atendimento e na satisfação das necessidades.

Quando um público consumidor se torna fiel a uma marca não se importará em pagar um pouco mais para tê-la, desde que saiba que ela atenderá suas expectativas.

  1. Praça

A Praça pode ser entendida como a colocação do produto no mercado, os canais de distribuição desse produto, a forma como o consumidor vai chegar até o produto oferecido.

A localização do negócio é fundamental para o sucesso do produto. É importante também observar a forma de venda, se será através de loja virtual, física, porta a porta.

É preciso pesquisar em quais locais o público da empresa busca a satisfação para suas necessidades e com isso encontrar estratégias para estar lá e satisfaze-lo.

Outro aspecto importante a ser observado aqui são os canais de distribuição dos produtos, se será através de canais exclusivos ou de terceiros.

Para facilitar a definição da praça, questione-se:

  • Onde seu público procurará pelos seus produtos e serviços?
  • Quais os tipos específicos de pontos de venda físico?
  • Quais os tipos de vendas virtuais e online (e-commerce, catálogo, redes sociais)?
  • Como a empresa pode acessar os melhores e mais efetivos canais de distribuição?
  • O que pode ser feito de diferente em termos de distribuição de produto?
  • Você precisará de um time de vendas para alcançar seus clientes em cada um desses canais?
  1. Promoção

Aqui o foco é promover a marca, fazer com que os consumidores entendam a solução proporcionada pelo seu produto.

São ações realizadas para divulgação do produto, desde estratégias de propaganda, publicidade, e-mail marketing, mala direta, uso das redes sociais, assessoria de imprensa, vendas diretas, promoções e até links patrocinados usados para atrair o consumidor e apresentar o produto.

A promoção de vendas leva em consideração o ciclo de vida do produto. É a oferta de descontos para atrair o público para o novo produto ou acabar com o estoque do produto antigo.

Um exemplo para ilustrar isso são as lojas que fazem queima estoque ao final da estação para acabar com os produtos daquele período e lançam descontos para a nova coleção da estação que entra.

Para desenvolver uma boa estratégia de promoção, responda as seguintes questões:

  • Onde o público-alvo pode ser encontrado? Na internet ou em centros de comércio?
  • Como é possível integrar mídias online e offline?
  • Quais os melhores horários e dias para promoção dos produtos ou serviços oferecidos?
  • Como seu concorrente faz a publicidade e divulgação? A estratégia funciona? O que você pode ser feito de diferente?

A forma de promoção do produto será definida pelo tipo de mensagem que a marca deseja passar, pelo público-alvo e o orçamento disponível para o desenvolvimento dessas ações.

Como Fazer o Mix de Marketing Passo a Passo

Para montar um Mix de Marketing é preciso seguir alguns passos, veja quais são:

  1. Definir o objetivo a ser alcançado com o Mix de Marketing

A empresa deve definir seu objetivo, por exemplo:

  • Introduzir seu produto no mercado
  • Aumentar as vendas do produto
  • Tornar a marca mais competitiva
  • Melhorar a imagem da empresa

Definido o objetivo fica mais fácil desenvolver estratégias para garantir o sucesso do negócio.

  1. Fazer análise de mercado

A análise de mercado facilita o desenvolvimento da marca e o aumento das vendas dos produtos.

É preciso realizar uma avaliação de concorrência, analisar o comportamento do consumidor e dos pontos fortes e francos do próprio mercado/produto.

  1. Definir o perfil do cliente da empresa

Conhecer os hábitos dos clientes, conhecer o perfil de renda, saber como é sua jornada de compra, ou seja, onde, como e quando esses clientes compram, além de conhecer suas necessidades.

Nessa etapa a empresa vai conhecer o público-alvo e com base nesses dados oferecer a solução para as necessidades dos seus clientes           .

  1. Definir as ações do Mix de Marketing

Desenvolva as ações relacionadas ao produto, ao preço, à praça e a promoção (4 p’s).

Produto: após definir o objetivo que deseja alcançar, conhecer a concorrência, os pontos fortes e fracos dela própria e o público-alvo que quer atingir, a empresa tem as informações necessárias para saber se seu produto vai atender as necessidades dos clientes.

Preço: conhecendo o perfil do consumidor-alvo, a empresa saberá o nível de renda do potencial cliente e o quanto ele valorizará o produto. Com isso, será possível criar uma política de preço que atraia as pessoas para as compras e garantam a rentabilidade da empresa.

Praça: conhecendo a jornada de compras dos clientes a empresa pode pensar no melhor canal de distribuição do produto, seja em ponto de venda físico ou virtual.

Promoção: com base nas análises feitas sobre o mercado, público-alvo e tendo seus objetivos definidos, é possível criar estratégias de divulgação do produto ou serviço.

Responda as perguntas citadas no tópico anterior para cada um desses pilares do Mix de Marketing, para saber como definir cada um corretamente.

Qual é a importância dos 4 Ps do Mix de Marketing?

O Mix de Marketing permite criar uma estratégia efetiva de marketing para divulgação e consolidação de uma marca e seus produtos no mercado.

Mas, para que o Mix de Marketing realmente produza bons resultados, os 4 Ps devem ser trabalhados em conjunto e nunca de forma isolada.

Os 4 Ps relacionam-se entre si. Se houver uma alteração no produto, sem levar em consideração seu impacto no preço, na promoção e na sua praça, fatalmente o resultado será perda de vendas e clientes.

O Mix de Marketing norteia as estratégias de divulgação do produto ou serviço, auxiliando no aumento das vendas e na conquista e manutenção de clientes.

É com ele que a empresa vai mostrar ao público seu diferencial e porque sua marca é de grande valor.

Os 4 Ps são flexíveis e se adaptam as situações novas que surgem, possibilitando a empresa também se adequar a esses novos cenários, criando ações de acordo com eles.

Cuidados para não errar ao fazer o Mix de Marketing

Ao desenvolver o Mix de Marketing a empresa precisa evitar alguns erros que podem arruinar com sua estratégia de publicidade.

  • Não saber direito qual estratégia usar para divulgar o negócio e realizar várias ações sem resultado eficaz. É preciso descobrir a estratégia certa de acordo com o perfil do negócio e do público-alvo.
  • Não ter objetivos estabelecidos, aquilo que a empresa quer alcançar. É preciso analisar o desempenho do negócio e buscar formas de melhorá-lo.
  • Não definir os KPI, ferramentas que ajudam a medir o desempenho das atividades de marketing. Sem ter um objetivo claro e específico, fica difícil estabelecer os KPIs.
  • Não conhecer o público-alvo da empresa é um erro fatal. Sem saber o que esse púbico quer, quais as suas preferências, a empresa não vai conseguir satisfazer as suas necessidades e será impossível desenvolver um Mix de Marketing eficiente.
  • Não dar atenção para aquelas pessoas que não são clientes da empresa e não conhecem seus produtos é perder a oportunidade de ampliar seu número de clientes.
  • Dar importância apenas a uma forma de divulgação enfraquece a promoção do produto, prejudicando suas vendas.
  • Falta de recursos para o desenvolvimento das ações do Mix de marketing. As empresas precisam reservar recursos para realização das ações. Essas ações podem gerar ótimos faturamentos para um negócio bem estruturado, por isso, garantir os investimentos necessários é importante para o crescimento.
  • Parar o investimento em publicidade e propaganda da empresa. O investimento em estratégias de marketing deve ser contínuo, mesmo que a empresa já tenha espaço no mercado. O marketing ajuda a consolidar a imagem da marca, criar um branding (identidade) e até mesmo no crescimento dentro do mercado de atuação.

Preparado para criar o Mix de Marketing para a sua empresa e expandir o crescimento do seu negócio? Aprenda tudo que precisa para começar um negócio do zero até o sucesso em nosso vídeo exclusivo!

★ Dica Importante!

Qualquer negócio que você for montar é importante fazer um planejamento. Para isso, estude em livros, contrate uma consultoria ou use o Kit Novo Negócio.

Enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here