O que é gestão empresarial e como funciona pequena empresa

O que é gestão empresarial e como funciona em uma pequena empresa

Gestão empresarial é o controle, administração e estruturação dos processos de uma empresa. De forma mais específica, podemos dizer que a gestão empresarial é um modelo de trabalho, através do qual formata a estrutura hierárquica de uma empresa.

Ainda, o gestor empresarial deverá se preocupar com toda a política de valores e gerir recursos, interessando-se pelas relações entre conselho de administração, direção, acionistas e outros interessados.

Quer saber mais sobre a gestão empresarial e como funciona na prática em micro e pequenas empresas? Confira este conteúdo exclusivo e aproveite todas as nossas dicas neste resumo detalhado sobre gestão empresarial.

O que é gestão empresarial na prática para micro e pequenas empresas

Quando se trata de negócios de pequeno porte a gestão empresarial “deixa de lado” os interesses em direção, administração e acionistas, já que raramente uma empresa de pequeno porte terá capital aberto e ações, seja entre sócios diretos ou disponíveis no mercado financeiro (Bolsa de Valores).


Neste caso, o foco da gestão empresarial versará sobre as atividades administrativas, operacionais e financeiras do negócio.

Pode ser vista quase que análoga a administração empresarial, contudo, voltada mais a parte de estruturação do negócio ao invés da mera “gestão” em si após de pronto.

Assim, em micro e pequenas empresas podemos destacar como objetivos principais da gestão empresarial:

  • Estruturar o funcionamento, setores e processos da empresa;
  • Fazer a gestão de funcionários e fiscalizar através do setor de Recursos Humanos a produtividade;
  • Analisar e criar estratégias para o financeiro da empresa, visando um melhor desenvolvimento e expansão, focando em atingir os objetivos previamente estabelecidos;
  • Criar o plano de negócio e planejamento estratégico, bem como alterá-lo no decorrer dos processos se existir a necessidade;
  • Manter a empresa em constante crescimento;
  • Fiscalizar o marketing externo e exposição da imagem da marca;
  • Controlar os fornecedores e compras de matéria prima, evitando desperdício e mantendo o estoque dentro dos padrões estabelecidos;

Estas são apenas algumas das funções da gestão empresarial, perceba, abrange todos os setores, seja administrativo, operacional e financeiro, por isso é tão próxima do setor de administrador da empresa.

700 Ideias de Negócios

Como funciona a gestão empresarial em pequenas empresas

O que é gestão empresarial e como funciona em uma pequena empresaEm micros e pequenas empresas a gestão empresarial é mais abrangente e tem como papel principal a própria gestão do negócio, confundindo-se, muitas vezes, com a administração.

No que tange a diferença básica para a gestão de empresas em grandes negócios para os pequenos é basicamente que, naquele, a gestão de empresas tem como foco cuidar dos processos de acionistas, investidores e terceiros interessados.

Assim, pode-se dizer que na gestão empresarial de pequenas empresas o foco passa a ser a gestão de toda a empresa, inclusive, “englobando” a administração do negócio.

Normalmente, no tocante ao financeiro, tem-se uma “subdivisão” e, com isso, a gestão apenas fiscaliza e toma decisões, deixando o setor financeiro/contábil realizar as transações e pagamentos. Com base nos relatórios o setor de gestão empresarial irá tomar as decisões e estratégias.

Como funciona uma empresa

No geral as empresas tem um “padrão” de funcionamento de setorização, ou seja, divide-se o negócio em partes, por exemplo: financeiro, estoque, vendas, marketing, etc.

Claro, cada tipo de empresa traz suas especificidades, é o caso da prestação de serviços, comércio, indústria, etc.

Nesses casos, novos setores podem “ser criados” ou a forma de fazer a gestão ser diferente.

Assim, uma empresa funciona em setorização, com um gestor/administrador responsável por tomar a decisão final, estabelecer as estratégias (ouvindo os colaboradores) e fazer toda a organização do negócio.

Os principais setores empresariais e comumente observados em negócios são:

  • Administrativo: setor responsável por executar as atividades relacionadas a gestão e administração da empresa, por exemplo: gerar relatórios para tomar decisão de expansão do negócio.
  • Financeiro: responsável por cuidar das contas da empresa, fluxo de caixa, controle de contas a pagar e receber, etc.
  • Comercial: é um termo mais abrangente, mas pode-se dividir em setor de vendas e marketing.
  • Recursos Humanos: responsável por fazer a contratação e gestão de funcionários e colaboradores.
  • Operacional: responsável por fazer a atividade final, produzir o produto, prestar o serviço, etc.

Divida sua empresa em setores para fazer a gestão e distribuir recursos corretamente.

8 dicas para fazer uma boa gestão empresarial em uma microempresa

Para conseguir realizar uma gestão eficiente em microempresas algumas dicas podem fazer toda a diferença, por isso reunimos as mais importantes e que irão alavancar os resultados da sua gestão empresarial.

  1. gestao empresarial resumoUtilize um software de integração

O software de gestão e integração de setores serve para facilitar a transmissão de dados em tempo real, evitar o trabalho redobrado, criar relatórios, melhorar a efetividade das decisões, entre outros fatores.

Cabe lembrar que a utilização de um ERP pode reduzir os custos da empresa, automatizar processos e evitar o uso de dezenas de softwares em setores diferentes, o que pode gerar alto custo.

  1. Faça uma modelagem do negócio

Fazer uma modelagem do negócio significa observar seus concorrentes e criar uma nova “visão”, modelando-os no que possuem de atrativos.

Por exemplo, você pode modelar o atendimento ao cliente, cores e até mesmo estrutura interna de organização de setores. Mas cuidado, esta modelagem deve ser prevista em um plano de negócios, isso permitirá adequá-la exatamente a sua empresa.

  1. Crie um planejamento empresarial e estratégico de ações

O planejamento empresarial e estratégico prevê todas as ações que serão tomadas, bem como um cronograma. Vale destacar que os responsáveis por cada atividade também deve estar descrita no planejamento.

Uma boa dica é manter o desenvolvimento do negócio estritamente ligado as ações previamente elaboradas, isso facilitará para se manter no “caminho certo”, rumo ao objetivo e metas.

É comum na gestão empresarial “desfocar” das ações que devem ser tomadas.

  1. Peça apoio ao SEBRAE Mais

O SEBRAE é uma instituição sem fins lucrativos e que oferece algumas possibilidades interessantes para quem está iniciando um empreendimento, peça auxílio, participe das palestras e cursos gratuitos e aproveite as possibilidades fornecidas.

  1. Resolva os problemas

Um negócio tende a “afundar” quando os problemas acumulam, por isso, esteja ciente que na sua função de gestor empresarial você deve resolver os problemas que surgirem um a um.

Tomar uma decisão não tão boa, às vezes, pode ser melhor que nenhuma, avalie as possibilidades com calma e resolva o que pode ser resolvido, evite protelar!

  1. Mantenha a equipe motivada

O que poucos empreendedores sabem ou ao menos percebem é que a gestão empresarial é realizada por uma equipe motivada, trabalhando juntos para manter todos os setores alinhados e focados nos objetivos da empresa.

Por isso, faça palestras motivacionais, valorize seus colaboradores e tenha planos de carreira, com certeza perceberá uma melhora no seu negócio.

  1. Faça os setores trabalhares em conjunto

Trabalhar em conjunto significa uni-los, integrar, interagir, cada um com suas atividades e particularidades.

A questão aqui é: como fazer isso? E até que ponto pode ser integrado?

O primeiro passo é utilizar um ERP ou sistema semelhante para facilitar a transmissão de dados em tempo real e organizado entre os setores.

O segundo passo é fazer um estudo estratégico de interdependência dos setores, por exemplo:

Setor de vendas > setor contábil > setor de estoque.

Explicando, o setor de vendas ao converter um consumidor integra com o contábil, o qual precisará utilizar das informações para fazer a contabilidade, ao mesmo tempo, o setor de estoque precisa dar baixa no item e elencar na sua planilha para que, quando chegar próximo do final, seja feito novos pedidos aos fornecedores.

Agora, cuidado para não integrar ao ponto que se torne mais trabalhoso do que benéfico. O grande foco é a automação dos processos, evitando trabalho redobrado e garantindo que as informações sejam repassadas sem a preocupação de um funcionário.

  1. Conheça o seu nicho de atuação e o comportamento dos clientes

Informação vale ouro, já ouviu esta expressão? Não é para menos, quando se sabe exatamente o pensamento do nicho e comportamento dos clientes é possível trabalhar a gestão empresarial para obter resultados melhores.

Por exemplo, supondo que é de seu conhecimento: seus clientes predominantes possuem uma faixa etária de 50 a 60 anos, normalmente aposentados.

Pois bem, agora sabe como trabalha-los, melhor período de compra (recebimento da aposentadoria), bem como o fato de que o atendimento prioritário e “exclusivo” é a solução para aumentar as vendas, já que este público tende a ter muitas dificuldades no momento da compra.

O que faz o Gestor Empresarial?

O gestor empresarial pode atuar no cargo executivo, diretor e gerente de pequenas, médias e grandes empresas.

No geral, o gestor tem como papel a tomada de decisão, análise de resultados, controle de entregas, logística, elaboração de estratégias, organização da estrutura empresarial, fiscalização e demais atribuições necessárias para que uma empresa alcance as metas e objetivos.

A média salarial deste profissional varia em 2 aspectos: porte da empresa e experiência.

Empresas de pequeno porte costumam pagar menos do que de grande porte, até mesmo em razão da responsabilidade (quantidade de funcionários e atribuição).

A média de quem inicia na atividade em uma pequena empresa é de R$ 1.800,00 a R$ 2.500,00, já no final de carreira, o valor pode ultrapassar a casa dos R$ 50.000,00.

Pronto para fazer a gestão empresarial da sua empresa um verdadeiro sucesso? Comente e faça uma analise de viabilidade do seu negócio.

★ Dica Importante!

Para qualquer negócio que você for montar é importante fazer um planejamento. Para isso, estude em livros, contrate uma consultoria ou use o Kit Novo Negócio.

Enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here