O que é Controle de Vendas, Importância e Como Fazer [+ 4 APPS]

6 Dicas Sobre Controle de VendasDificuldades com as vendas? Confira o que precisa saber para fazer um controle de vendas eficiente.

Como está o controle das vendas realizadas? Se a sua resposta é pouco ou nenhum controle, é bem provável que o seu negócio já tenha sofrido algum tipo de problema neste setor, correto?

Isso acontece porque ele está desorganizado, o que, consequentemente, acaba gerando inúmeros prejuízos para o seu estabelecimento.

Você não quer que a sua empresa fique mal no seu mercado de atuação, não é? Para que isso não aconteça, a primeira medida a ser tomada é aprender a identificar em quais aspectos do seu setor de vendas ela está cometendo equívocos.


A área de vendas é crucial para a sobrevivência de qualquer tipo de negócio, uma vez que se for feita corretamente pode aumentar os seus lucros e, do contrário, pode gerar danos ao seu orçamento.

As vendas estão entre os setores mais importantes da empresa, pois sem ela você não conseguirá ter lucros, sequer conseguirá manter a sua empresa.

Veja, quantas pessoas ou empresas você conhece que pagam terceiros para que sejam especialistas em vendas? Então, rapidamente pode se perceber o grau de importância em ter um bom controle de vendas. Também, é importante saber como lidar com o fracasso da venda.

Como se vê, controlar o processo de vendas da empresa é uma regra básica para ajudar e atingir no objetivo de torna-la bem sucedida. O seu negócio ainda não executa este procedimento?

700 Ideias de Negócios

Agora é a hora de colocar o controle de vendas em prática, aumentando as suas chances de acertos e reduzindo as de erros.

Por ser algo tão importante, criamos esse texto específico e com mais informações sobre o controle de vendas, objetivando fazer com que você consiga melhorar o desempenho das suas vendas e atinja o seu objetivo o quanto antes. Confira!

O Que é Controle de Vendas

O controle de vendas é um processo dividido em etapas que desempenha o papel de fiscalizar todas as tarefas que estão relacionadas às vendas que já foram ou podem vir a ser realizadas junto ao público consumidor.

Esta atividade se baseia no estudo e sugestão de melhorias na forma como as mercadorias são compradas, armazenadas em estoque, expostas no estabelecimento, negociadas, precificadas, marketing e posteriormente entregues aos clientes.

Essa ferramenta brilhante que é o controle de vendas é mais abrangente do que se pensa, atingindo não apenas a venda em si, mas todos os seus “derivados”. 

Assim, as informações podem ser utilizadas para identificar o que está sendo feito de errado e o que pode ser planejado e colocado em prática para corrigir e otimizar o seu setor de vendas.

→ Confira como fazer um plano de negócios.

Por que fazer o Controle de Vendas? Entenda a Importância

O setor de vendas é responsável por fazer “entrar dinheiro” na empresa e quando está com problemas normalmente leva a falência se não corrigido rapidamente.

Acontece que para saber administrar esse setor é preciso tomar medidas de controle. Por exemplo, supondo que seu negócio vá bem, esteja vendendo 30% acima do esperado, aumente a produção, gaste mais e, ao final, o índice de inadimplência e pedidos de estorno acabam com o lucro.

Somente terá essas informações se fizer o controle de vendas.

Os produtos que a sua empresa adquire para montar o estoque estão apresentando uma demanda satisfatória por parte do público consumidor?

Para ter essa resposta também é necessário estabelecer o controle de vendas e gerar um volume de informações (quantidade, itens, feedbacks, faturamento, estorno, etc).

Através do uso deste método, também é possível ter acesso aos dados que podem ser usados na criação de novos planejamentos, como inserir uma nova mercadoria no mercado ou ampliar a divulgação dos serviços do negócio.

Assim, as vantagens de fazer o controle de vendas são:

  • Captação de dados importantes para a administração do negócio como um todo.
  • Maior assertividade na tomada de decisões.
  • Possibilidade de fixar metas de vendas para os vendedores com mais eficiência.
  • Capacidade de descobrir se o setor de vendas está comprometido, como resolver e até a possibilidade de uma eventual reestruturação do negócio.
  • Normalmente consegue-se uma melhora do faturamento e vendas em mais de 30%.
  • Com as informações é possível planejar em longo prazo o crescimento das vendas, faturamento e também se precaver de possíveis problemas futuros, como é o caso de negócios sazonais.

Talvez o ponto mais importante de fazer o controle de vendas envolva os pedidos para os fornecedores. Ao saber e ter uma previsão de vendas é possível comprar com antecedência e conseguir preços melhores com os fornecedores, bem como, evitar ficar sem produtos em momentos de picos de vendas.

As 3 Maneiras de Fazer o Controle de Vendas

O controle de vendas precisa ser descritivo e detalhado de forma escrita e organizado, assim, costuma-se usar:

  • Manual: fazer o controle de vendas manualmente, em um caderno, ainda é muito utilizado, principalmente em estabelecimentos de bairro. O problema deste método é a desorganização e facilidade de extravio do documento, por isso está cada vez mais em desuso.
  • Software ou Aplicativos: a forma mais prática, organizada e aconselhável para negócios, inclusive microempresas, pois o preço é baixo (inclusive têm opções gratuitas). É possível encontrar softwares profissionais com integração de venda (ao passar o produto no caixa todas as informações são lanças no controle de vendas) ou versões mais simples, em que o usuário lança os dados e o aplicativo armazena de forma organizada.
  • Planilhas: há muitas opções de planilhas de controle de vendas excelentes, com geração de gráficos e automatização, contudo, precisa do lançamento manual dos dados na planilha.

4 Apps para Controle de Vendas (Gratuitos e Pagos)

Para quem busca uma solução completa com toda a análise inicial de viabilidade do negócio até a gestão este vídeo mostrando na prática em um caso o Kit Novo Negócio pode ajudá-lo.

controle de vendasKyte App

É um aplicativo com versão grátis com pequenas limitações e versão pró (paga). Oferece uma excelente integração entre vendas, pedidos e controle de estoque.

Além disso, está frequentemente sendo atualizado pelos criadores e hoje, já possui cadastro de clientes e envio de recibos digitais por Whatsapp e ofertas promocionais.

Traz também uma tela intuitiva de estatísticas e descobrir como está o desempenho do negócio.

Mais no link https://www.kyte.com.br.

Controle de Vendas

Esse App é uma excelente opção gratuita para fazer o controle de vendas para profissionais autônomos. Trata-se de uma ferramenta simples e fácil de mexer.

O lançamento das informações é manual, mas as muitas das funcionalidades são automáticas, por exemplo, estatísticas, notificação de cobranças, relatórios, etc.

Maiores informações no site https://play.google.com/store/apps/details?id=br.thiagopacheco.vendas&hl=pt_BR)

Quick Books Zero Papper

Disponível em versão de app para dispositivos móveis e também na versão online (para acessar o site) o Zero Papper traz uma versão adaptada para Microempreendedores (MEI) com funções interessantes, tanto no controle de vendas, financeiros como em gerenciamento de DAS.

É possível fazer um teste grátis por 7, depois disso é preciso “assinar” uma mensalidade.

Veja mais em https://quickbooks.intuit.com/br/

Controle de Vendas – Venda Fácil

Outro bom aplicativo para quem trabalha com vendas em pequena e média escala, principalmente de forma autônoma, é o Controle de Vendas – Venda Fácil.

É gratuito para testar, mas posteriormente exige uma assinatura mensal em torno de R$ 20,00.

No geral a ferramenta é muito boa, permite fazer controle de vendas, pagamento, estoque, formas de pagamento, entradas, saídas, emissão de 2ª via de boletos, tirar relatórios, gerar código de barras próprio e muito mais.

O ponto negativo é que para gerar a venda (informações no app) é um pouco trabalhoso e demorado, em compensação, o app traz informações detalhadas depois.

Baixar aplicativo: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.RodSoftware.vendafacil&hl=pt_BR

Como Aplicar ou Implementar o Controle de Vendas?

O controle de vendas é feito a partir de um conjunto de etapas que estão relacionadas e que devem ser colocadas em ordem para que sejam capazes de possibilitar uma fiscalização e obtenção de resultados mais eficazes.

Abaixo criamos dicas de como aplicar o controle de vendas na sua empresa que vão ajudá-lo.

1 – Crie Uma Proposta Comercial no Controle de Vendas

Você está familiarizado com o termo “proposta comercial”?

Se a intenção é gerir um negócio bem sucedido é necessário começar a conhecer este termo e saber como colocá-lo em prática.

Pois bem, uma proposta comercial é definida com o catálogo de serviços e mercadorias que a empresa deseja disponibilizar para o seu público-alvo.

Sendo assim, a sua primeira medida é dar início a criação de uma proposta comercial para a sua empresa. Antes de qualquer coisa, leve em consideração quais são os hábitos, preferências e comportamentos do seu público consumidor.

Crie um relatório especificando todos os tipos de serviços e produtos que serão oferecidos, voltando a sua atenção para a variedade e itens de qualidade, uma vez que os clientes devem ter opções quando procuram realizar uma compra no seu estabelecimento.

2 – Cuidados Com os Pedidos de Vendas

Com a evolução da tecnologia, muitas empresas passaram a trabalhar com a encomenda de mercadorias por meio da internet, tornando o contato com os clientes mais prático.

Se este é o caso do seu negócio, é necessário ter em mente que os cuidados com os pedidos devem ser dobrados para que as transações sejam bem sucedidas.

O primeiro procedimento é determinar um canal para que as pessoas interessadas possam efetuar os seus pedidos. O canal para a realização das encomendas pode ser um site, e-mail, telefone ou diretamente na loja física.

Nestes canais é necessário que o cliente tenha alternativas de mercadorias e, se possível, um funcionário que trabalhe especialmente para esclarecer as dúvidas e ajudar nas negociações.

Desenvolver um call center ou até mesmo um atendimento online também tem sido uma prática de controle de vendas muito bem vista, trazendo excelentes resultados, podendo maximizar em até 30% os resultados no setor.

3 – Controle de Vendas com Comissões aos Vendedores

Um dos principais fatores para que a sua empresa tenha um bom processo de vendas é contar com o trabalho de funcionários estimulados.

Ter à sua disposição vendedores que gostam do que fazem e trabalham com mais vontade é um ponto essencial para ampliar o seu volume de vendas e o lucro mensal.

Pensando nisso, é recomendado adotar uma política de benefícios para os vendedores, oferecendo comissões e demais vantagens.

A quantia em dinheiro estabelecida para as comissões tem que estar em harmonia com as categorias e valores das mercadorias que são vendidas.

Portanto, quando mais caros forem os produtos comercializados, mais altos têm de ser os valores das comissões.

Além disso, você deve observar o percentual de lucratividade que se tem em cima da mercadoria, pois, de nada adianta oferecer uma comissão alta e perder sua margem de lucro.

Após recorrer ao uso de comissões, é preciso fazer o controle de vendas realizadas pelos vendedores, o que pode ser feito através da construção de uma planilha, a qual deve ser mantida atualizada.

Estabeleça metas para que os vendedores recebam a comissão.

4 – Faça a Emissão da Venda e o Controle de Vendas

Para garantir a segurança da sua empresa e dos seus consumidores é necessário realizar a emissão da venda, que consiste em gerar um documento capaz de comprovar a transação feita entre as duas partes, bem como valor gasto e a data em que ocorreu.

Essa emissão costuma ser feita por notas fiscais, as quais são, inclusive, utilizadas na comprovação dos valores para o Imposto de Renda.

O processo de emissão de vendas acontece por meio do registro de códigos por cada compra e cupons fiscais, que são gerados mediante a confirmação do recebimento de cada compra.

Atualmente, existe a nota fiscal eletrônica, a qual é mais simples e rápida de ser emitida.

5 – Tenha Bons Preços Para Manter um Controle de Vendas

Para que a empresa se estabeleça no mercado e conquiste a preferência do seu público-alvo é fundamental que os preços praticados estejam relacionados ao perfil econômico dos consumidores.

Pensando nisso, é indicado realizar um estudo das características dos clientes, as suas classes econômicas e os hábitos de consumo. Este questionamento pode ser feito no estabelecimento, por telefone, e-mail ou site da empresa.

Com base nos resultados obtidos na pesquisa, você pode trabalhar para estipular os valores pelos quais as mercadorias serão vendidas. Neste caso, se os consumidores estão na classe média, pode-se comercializar produtos por um preço entre razoável e alto, e assim por diante.

6 – Promova o Controle de Estoque

O Controle De Vendas E Estoque “andam juntos”, por isso é tão importante cuidar do estoque. Nesta etapa, comece com um estudo da frequência de vendas efetuadas.

Desse modo, é possível montar um estoque na quantidade adequada, evitando abastecê-lo com pouco ou em excesso de quantidade.

Também tem que fiscalizar as mercadorias que entram e saem do seu estoque, uma vez que isso permite saber quando é necessário fazer a reposição dos itens, evitando que a demanda dos clientes não seja suprida.

Uma boa dica é fazer o Controle De Vendas Excel, elencando todos os pontos narrados. Também, você pode encontrar um Software Controle De Vendas, os quais são bastante comuns e eficientes.

Cuidando de Cada Ponto Citado, Ficará Simples de Fazer um Controle de Vendas Eficiente.

★ Dica Importante!

Para qualquer negócio que você for montar é importante fazer um planejamento. Para isso, estude em livros, contrate uma consultoria ou use o Kit Novo Negócio.

Enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias e o bem-estar da sua família em um chute!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here